A presidente do Chile, Michelle Bachelet, presa e torturada durante a ditadura de Augusto Pinochet (1973-1990), inaugurou o Museu da Memória, dedicado às milhares de vítimas da repressão chilena.



“Não podemos mudar nosso passado, só nos resta aprender com tudo o que passamos. Esta é nossa oportunidade e nosso desafio”, declarou Bachelet após percorrer o edifício acompanhada dos outros três presidentes que governaram o país desde o retorno da democracia.

Bachelet inaugura Museu dedicado a vítimas da ditadura de Pinochet

Sem mais artigos