O Benfica conquistou hoje o título da Copa da Liga de Portugal ao vencer com facilidade o grande rival Porto por 3 a 0, e levantou o troféu da competição pela segunda vez consecutiva.

O goleiro Nuno Espírito Santo foi um dos protagonistas da noite, mas de forma negativa. Um erro dele propiciou o primeiro gol da equipe de Lisboa aos dez minutos de jogo, em chute de lomge do lateral Rúben Amorim.

A vantagem do Benfica aumentaria ainda antes do intervalo, em cobrança de falta de Carlos Martins. No segundo tempo, os “encarnados” marcariam o terceiro, com o paraguaio Cardozo.

Os brasileiros Luisão, David Luiz, Aírton, Alan Kardec e Ramires entraram em campo pelo Benfica, sendo que apenas o último não foi titular (substituiu Carlos Martins aos 22 minutos do segundo tempo). Pelo Porto, Fernando foi o único representante brasileiro.

Sem mais artigos