O cartunista Glauco Villas Boas foi morto na última madrugada após uma tentativa de assalto em sua casa, no bairro de Santa Fé, em Osasco. Um de seus filhos, Raoni, também morreu.

Glauco, que tinha 53 anos e há 25 tinha seus quadrinhos publicados diariamente na Folha de São Paulo, estava em casa com a mulher e os três filhos, por volta da meia-noite quando o local foi invadido por dois homens armados, que queriam roubar a família e seqüestrar Glauco.

Quando tentou convencer um dos bandidos a desistir, o cartunista levou quatro tiros. Ele chegou a ser levado ao Hospital Albert Sabin, na Lapa, mas não resistiu. Raoni, de 25 anos, também foi baleado e morreu antes de chegar ao hospital.

Os bandidos fugiram em um carro roubado e ninguém foi preso até agora. O caso está sendo investigado pelo 1º DP de Osasco e ainda não há informações sobre os velórios.

Entre os personagens mais conhecidos de Glauco estão Dona Marta, Faquinha, o Casal Neuras, Geraldão e sua versão infantil, Geraldinho. Este último foi criado especialmente para o público infantil.

Veja os personagens de Glauco em seu site oficial.

Sem mais artigos