Após um inusitado (e nada saudável) fetiche sexual, um chinês de 58 anos precisou ser operado para retirar quase um metro de uma corda que ficou alocada em sua bexiga.

Como parte de uma fantasia bizarra, Zhao Chenglin, de Chongqing, inseriu a corda de plástico com a extensão de 85 centímetros em seu canal peniano. De acordo com o tabloide inglês The Sun, no momento da retirada, a corda cedeu e ficou dentro do corpo do chinês.

Sem dinheiro para realizar a cirurgia, o homem conviveu com a corda na bexiga durante dois meses. Até que um amigo decidiu ajudar Zhao e pagou a cirurgia em um hospital especializado.

Zhao foi internado e os cirurgiões conseguiram retirar a corda com êxito. Segundo exames, o objeto já tinha se agrupado em um nó dentro da bexiga.

Sem mais artigos