A companhia aérea British Airways anunciou que vai transformar resíduos de aterros sanitários em combustível para seus aviões. A intenção é atingir a meta de redução de 50% das emissões de gases de efeito estufa até 2050.

Em parceria com a Solena, uma empresa que desenvolve biocombustíveis, foi planejada a construção de uma usina em Londres para converter 500 mil toneladas lixo orgânico em cerca de 960 milhões de litros de gasolina para avião por ano. A expectativa é que o combustível passe a ser usado a partir de 2014.

Além de ser menos poluente que o tradicional, o biocombustível ainda vai contribuir para reduzir o volume de lixo nos aterros sanitário, amenizando o problema da falta de espaço para descartar o lixo produzido pelos ingleses.

Poluição

O transporte aéreo sozinho é responsável por quase 3% de toda poluição atmosférica no mundo, principalmente através da emissão de CO2. A concentração dos gases de efeito estufa agrava o processo de aquecimento global, por isso a movimentação das companhias aéreas, que se comprometeram, durante a reunião da ONU sobre o clima em dezembro em Copenhague, a reduzir suas emissões.

Sem mais artigos