Dave Mustaine, do Megadeth, afirmou que o cristianismo salvou sua vida. Em entrevista para o WENN, o músico afirmou que sua vida antes da conversão era horrível.

“Se existe alguém que precisava virar cristão, era eu, porque eu era uma pessoa muito ruim”, sentenciou Mustaine. “Eu estou curtindo muito descobrir quem eu sou de verdade. Não sei como vai ser meu futuro, mas tenho certeza que vai ser muito diferente de tudo que eu era antes”.

Mustaine também afirmou que quase desistiu de ser uma pessoa melhor. “Estou muito feliz que tive forças de seguir em frente e que não desisti, mesmo sentindo que o mundo todo estava decepcionado comigo. Em vários momentos senti que o mundo da música estaria melhor sem mim, e que eu devia, sei lá, ir ganhar a viva plantando cebolas!”, brincou o músico.

Sem mais artigos