O Manchester United conseguiu uma virada de 2 a 1 para cima do Aston Villa no estádio de Wembley, faturando o bicampeonato da Copa da Liga Inglesa.

O destaque da partida foi o atacante Wayne Rooney. Embora tenha começado no banco por decisão do técnico escocês Alex Ferguson, foi dele o autor do gol da vitória, aos 28 minutos do segundo tempo.

Buscando quebrar um jejum de 14 anos sem títulos, o Aston Villa foi para cima e abriu o placar aos cinco minutos. Agbonlahor partiu em rápido contra-ataque e acabou levando falta de Vidic na área. Na cobrança, Milner superou Kuszczak, que substituía Van der Sar.

O empate veio aos 12 minutos, com o atacante Michael Owen completando de cabeça cruzamento do equatoriano Antonio Valencia.

O lateral-direito brasileiro Rafael da Silva começou jogando e saiu machucado no segundo tempo.

Para tornar a equipe ainda mais ofensiva, Ferguson mandou Rooney a campo ainda no primeiro tempo, no lugar de Owen. E a virada veio aos 28 da etapa final, com o atacante recebendo passe de letra do búlgaro Berbatov, e cabeceando ao fundo das redes do americano Brad Friedel.

Com o gol de Rooney, o 28º dele nesta temporada, o Manchester United levou o quarto título da Copa da Liga Inglesa – além do bi, ganhou ainda em 1992 e 2006.

Ficha técnica:.

Aston Villa: Friedel, Dunne, Cuellar (Carew, 35/2T), Warnock e Collins; Downing, Ashley Young, Milner e Petrov; Agbonlahor e Heskey.

Manchester United: Kuszczak; Rafael da Silva (Neville, 21/2T), Vidic, Evans e Evra; Carrick, Fletcher, Valencia e Park (Gibson, 40/2T); Owen (Rooney, 42/1T) e Berbatov.

Árbitro: Phil Dowd (ING).

Cartões amarelos: Collins e Downing (Aston Villa); Evra e Vidic (Manchester United).

Sem mais artigos