Depois que azarado grupo de apostadores de Novo Hamburgo (RS) acertou o último sorteio da Mega-Sena mas ficou sem o prêmio, de quase R$ 53 milhões, pelo fato da lotérica não ter registrado a aposta, a Caixa Econômica Federal (CFE) informou que poderá descredenciar casas de apostas que comercializarem cotas de bolões.

Os participantes do bolão pagaram pela aposta no último dia 20 mas não receberam comprovante oficial. Apesar de ser comum lotéricas comercializarem bolões, a CEF reforçou que apenas comprovante emitido pelo terminal de apostas habilita o recebimento de prêmios.

O próximo sorteio da Mega-Sena acontece nesta quarta-feira, 24, e pode pagar um prêmio de R$ 61 milhões no concurso 1.156, o terceiro maior prêmio já pago no Brasil.

Sem mais artigos