A terra não para de tremer no Chile. Depois do forte terremoto de magnitude 8.8 no sábado e que deixou mais de 800 mortos, dois fortes tremores, de 5.9 e 6.0, foram sentidos nesta quarta-feira na região centro-sul do país. Segundo a agência de notícias Reuters, ainda não há informação de mortos ou feridos ou da possibilidade de novos tsunamis. Desde o terremoto de sábado, já foram registrados mais de 100 réplicas no Chile, 30 apenas hoje.

Sem mais artigos