Sonhando com o tão aguardado gol de número 900 em sua carreira, para assim iniciar a contagem em busca do milésimo, o atacante Túlio Maravilha, do Botafogo-DF, que nesta quarta-feira enfrenta o Brasília, prometeu surpreender caso o tento saia nesta partida.

“O gol 500 foi em homenagem ao descobrimento do Brasil, o 600 pelo aniversário da cidade de Goiânia, o 700 foi dedicado à Cristiane Maravilha, minha esposa, enquanto o 800 foi em homenagem aos meus filhos. A dedicatória do gol 900 ainda está guardada a sete chaves, aguardem mais um pouco”, disse.

O camisa 7, animado como sempre, já pensa em como e aonde será marcado o gol 1000 e revela já estar apalavrado com Maurício Assumpção, presidente do Botafogo.

“Acontecerá no Engenhão, com a camisa do Fogão. Quando estiverem faltando um ou dois, me incorporo ao grupo alvinegro, seja em que competição o Botafogo estiver envolvido”, prometeu.

Sem mais artigos