Em conferência na Irlanda sobre tecnologia, John Herlihy, executivo do Google na Europa, disse que em três anos os computadores desktops serão irrelevantes.

Segundo ele, a maioria das pesquisa em internet feitas, por exemplo, no Japão já é realizada por meio de smartphones. Ele acredita que essa é uma tendência que o mundo todo seguirá. Para Herlihy, todo o uso de internet para entretenimento será em aparelhos móveis e somente os trabalhos de design e produção permanecerão nos desktops.

O executivo também encorajou a platéia a se arriscar e não ter medo das falhas. John Herlihy exemplifica dizendo que no tempo do império romano alguns desbravadores eram mandados para todos os cantos do território. Mas a finalidade era inteligente, pois aqueles que não conseguissem voltar para casa, deixavam claro que o exército não devia seguir aquele caminho mortal.

Sem mais artigos