A imprensa paraguaia elogiou hoje o atacante Ronaldo, do Corinthians, que fez o gol da vitória por 1 a 0 do clube paulista ontem sobre o Cerro Porteño, em Assunção, pelo grupo 1 da Copa Libertadores.

“Fenômeno desmonta o Ciclone”, diz o jornal “Abc Color”, para quem Ronaldo “praticamente acabou com as esperanças” do Cerro Porteño na Libertadores.

“O Cerro Porteño não encontrou a maneira de ganhar do Corinthians, e uma aparição de Ronaldo foi letal” para a equipe paraguaia que, “com a derrota em casa, praticamente despede-se da Libertadores 2010”, afirma o “Abc Color”.

Já o “La Nación” destaca que “um segundo do ‘Fenômeno'” foi suficiente para resolver um confronto no qual “se precisa de astúcia para transformar uma ação superficial em determinante”.

“À beira da eliminação”, diz o “Ultima Hora”, para quem o Corinthians “foi superior tecnicamente” ao Cerro Porteño.

Com o resultado de ontem, o Corinthians lidera o grupo 1 com sete pontos, à frente do Racing uruguaio, com três, e do Independiente Medellín, com dois, que jogam hoje em Manizales (Colômbia). O Cerro Porteño amarga a lanterna com apenas um ponto.

Sem mais artigos