No dia 11 de setembro de 2001, dois aviões sequestrados por fundamentalistas islâmicos foram jogados contra as torres do World Trade Center em Nova York (EUA), matando 3.017 pessoas e ferindo mais de 6.300 (entre sequestradores, civis, bombeiros e policiais).

Depois do trágico ataque, músicos de todos os lugares do mundo se mobilizaram gravando faixas, discos inteiros, realizando shows beneficentes e muitas outras iniciativas para levantar fundos para as famílias dos bombeiros, policiais e trabalhadores mortos no incidente.

Neste aniversário de oito anos do ataque, homenageamos as vítimas relembrando as grandes ações dos músicos do mundo pop sobre esse fato. Veja abaixo!

1 – Answer the Call

Oito anos depois do atentado, Jay-Z leva nesta sexta-feira (11/9) ao Madison Square Garden, uma apresentação com ele e mais dez grandes artistas da música americana em honra dos bombeiros mortos na ação de resgate dentro das torres do WTC.

2 – Concert for New York City

No dia 20 de outubro de 2001, o evento organizado pelo ex-Beatle Paul McCartney levou ao palco do Garden nomes como The Who, David Bowie, Elton John, Bon Jovi, Jay-Z, Destiny’s Child, Backstreet Boys, James Taylor, Billy Joel e Keith Richards com Mick Jagger (dos Rolling Stones).

3 – Come Together: A Night for John Lennon’s Words and Music

Além de ser um tributo a outro ex-Beatle, John Lennon, o evento levantou fundos para as famílias das vítimas do atentado. No palco,  Dave Matthews, Moby, Stone Temple Pilots, Nelly Furtado, Alanis Morissette, Cyndi Lauper, Lou Reed, Sean Lennon e Yoko Ono cantam músicas de Lennon.

4 – Bruce SpringsteenThe Rising

“O Chefe” já era um dos mais emblemáticos artistas americanos em 2001. Quase um ano após os atentados, o lançamento desse disco fez um sucesso estrondoso, em parte por causa de suas reflexões sobre os ataques. The Rising ganhou um Grammy na categoria Melhor Álbum de Rock e foi um dos únicos dois discos de 2002 a ganhar cinco estrelas da da revista Rolling Stone americana, ao lado de Sea Change, de Beck.

5 – Paul McCartneyFreedom

Além de ter organizado o maior evento beneficente de música de 2001, Macca ainda lançou às pressas a emocionante faixa Freedom no álbum Driving Rain. A belíssima canção foi gravada ao vivo em Nova York com a participação mais do que especial do veterano Eric Clapton.

6 – America: A Tribute to Heroes

Muitas coletâneas foram lançadas para homenagear as vítimas de 11 de setembro. Para representar todas elas, escolhemos a primeira a chegar às lojas. A seleta foi organizada por George Clooney e foi gravada ao vivo com a participação de Bruce Springsteen, Stevie Wonder, U2, Faith Hill, Enrique Iglesias, Neil Young, Alicia Keys, Eddie Vedder e Sting

7 – My Chemical Romance

A banda comandada pelo vocalista Gerard Way foi criada apenas uma semana depois dos ataques ao WTC. Quando viu o ataque, o líder do grupo resolveu que não podia mais continuar vivendo como estava e resolveu investir tudo em sua nova carreira. Sobre o episódio, Way escreveu a faixa Skylines and Turnstiles, que integra o disco de estreia do MCR, I Brought You My Bullets, You Brought Me Your Love.

8 – Homenagens pesadas

Muitas bandas de heavy metal e de hard rock surpreenderam o público americano com homenagens muito tocantes. Bandas do estilo de diversas cidades escreveram músicas sobre o ataque, como When The Eagle Cries (do Iced Earth), Messages (do Velvet Revolver), The Evil Has Landed (do Testament), Jihad (do Slayer) e Sacrificed Sons (do Dream Theater)

9 – Homenagens hardcore

Bandas de pop-punk e hardcore melódico dos EUA também deixaram suas homenagens às vítimas do ataque. Entre as emocionadas músicas dedicadas aos homens e mulheres mortos no ataque estão Believe (do Yellowcard), Elevator (do Boxcar Racer), The Innocent (do Good Charlotte em parceria com o Mest e o Goldfinger) e Broken Lungs (do Thrice).

10 – Lançamentos do dia 11/09/01

11 de setembro de 2001 foi uma quinta-feira. Nos EUA, os grandes lançamentos de álbum são sempre nesse dia da semana, para que possam completar uma semana inteira nas lojas antes da publicação da lista de mais vendidos da Billboard (que também sai às quintas).

No dia em que os aviões se chocaram contra as torres do WTC, estavam chegando às lojas os discos God Hate us All (do Slayer), Love And Theft (do Bob Dylan), Des Visages des Figures (dos franceses do Noir Désir), Silver Side Up (dos canadenses do Nickelback) e Glitter (trilha do filme homônimo estrelado por Mariah Carey).

Relembre 11 de setembro por livros e filmes sobre o assunto

Sem mais artigos