O governador de Minas Gerais, Aécio Neves (PSDB), deve lançar sua candidatura ao Senado se o seu partido não decidir até dezembro quem será o candidato à Presidência.

Segundo o jornal Folha de S. Paulo, Aécio disse que vai anunciar sua candidatura ao Senado a partir de janeiro. “Não posso esperar. Preciso então cuidar de Minas”, disse o tucano, logo após um encontro com Rodrigo Maia.

“Eu disse a mesma coisa aos meus colegas tucanos na semana passada” , afirmou, numa referência ao seu encontro com o presidente do PSDB, Sérgio Guerra, e com o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, em São Paulo.

Após o almoço, Maia – que tem dado declarações de apoio à candidatura de Aécio à Presidência – afirmou que o mineiro não pode esperar até março. “Pode ser muito tarde”, disse.

Serra

Apesar de Aécio descartar um papel secundário na chapa presidenciável em 2010, Serra ainda não jogou a toalha.

Em um encontro com integrantes do DEM, o governador de São Paulo garantiu que vai ser o candidato tucano nas eleições de 2010. Segundo o blog do jornalista Josias de Souza, Serra disse ainda que gostaria de compor a chapa com Aécio Neves como vice.

Sem mais artigos