O ex-vice-presidente americano e Prêmio Nobel da Paz Al Gore afirmou ontem, quarta-feira, no Panamá que os Estados Unidos poderiam fazer muito mais para combater a mudança climática.

Al Gore chamou de histórica a conferência da ONU prevista pra dezembro, que terá como objetivo a busca de um consenso sobre as emissões de CO2 e conseguir, antes de 2012, um acordo sobre um protocolo que substitua o de Kyoto.

Mesmo assim, reconheceu que os EUA, que não ratificaram então o Protocolo de Kyoto, podem fazer muito mais para combater a mudança climática e mostrou a lista de países e cidades americanas que apoiam o tratado.

O ex-vice-presidente dos EUA se mostrou a favor de que os países ricos apoiem os emergentes para conseguir a redução de emissões de CO2, embora tenha assegurado que a resposta deve ser global.

O Prêmio Nobel da Paz destacou que a mudança climática é um tema moral, mais do que político, e o universo tem tudo o que precisa para combater a crise climática, já que o desejo político é um recurso renovável.

Al Gore diz que EUA poderiam fazer mais contra mudança climática

Sem mais artigos
Sair da versão mobile