Agora só resta a convocação do técnico Marcello Lippi. Neste sábado, o atacante brasileiro Amauri, da Juventus, recebeu os documentos que faltavam e, agora,  já pode ser considerado cidadão italiano e pode, em breve, defender a Azzurra.

Em entrevista do jornal italiano Corriere dello Sport, o jogador disse que todo o processo está finalizado e que resta apenas ele pegar o seu passaporte.

“Ficaria muito orgulhoso se o Lippi me chamasse,
pois não vejo a hora de isso acontecer”, disse o atacante.

Vale lembrar que o técnico Dunga já convocou o atleta para defender a seleção brasileira, contudo, uma lesão impediu que Amauri se apresentasse ao treinador. Desde então, o jogador da Juve afirmou em diversas oportunidades que gostaria de defender a Itália, país que adotou profissionalmente.

Sem mais artigos