Com a poeira do rebaixamento para a Série B e da confusão que tomou conta do estádio Couto Pereira no último domingo (06/12) amenizada, o presidente do Coritiba, Jair Cirino dos Santos, se manifestou sobre o ocorrido em uma entrevista coletiva na tarde desta terça.

Indignado com toda a confusão, o dirigente do Coxa anunciou uma das primeiras medidas a ser tomada imediatamente: o rompimento com a torcida organizada Império Alviverde, considerada responsável pelo quebra-quebra ocorrido no Couto Pereira.

Além disso, Cirino deixou claro que, mesmo com a queda para a Série B do Campeonato Brasileiro, ele continuará no cargo e se candidatará à reeleição, no pleito marcado para a próxima semana.

“Recebi contínuas estimulações e incentivos para repropor meu nome para as eleições que estão marcadas para a próxima semana. Fizemos uma reunião e reiterei minha disposição de ajudar o clube, sempre incentivado pelos companheiros. Serei o candidato da situação para o próximo biênio”, disse.

Sem mais artigos