A barreira entre esporte e a violência voltou a ser quebrada, e o limite tênue, que tem preocupado os atletas, novamente foi superado, com o assassinato de um jovem jogador. Desta vez, a vítima foi Guillermo Ademir Meza, de 21 anos, atacante do Pumas.

Segundo informações da polícia mexicana, o jogador foi assassinado após resistir a um assalto. Os criminosos o seguiram em um táxi, e após uma discussão, atiraram em sua cabeça.

Infelizmente, essa não foi a primeira vez que a violência se relacionou com o esporte. Muitos casos já ocorreram no futebol, e o Portal Vírgula relembra dez deles. Clique aqui e confira.

Sem mais artigos