Ola Ray, atriz que interpretou a namorada de Michael Jackson no clipe da música Thriller, que deu nome ao álbum de maior sucesso do cantor, que morreu no final de junho, aos 50 anos, em Los Angeles, faz parte dos credores do astro, uma vez que seu advogado entrou na Justiça pedindo uma quantia não revelada da herança do cantor.

Ray entrou na Justiça no final de abril, alegando que não recebeu os direitos devidos pela exibição do clipe nos últimos quatro anos. Além do processo de Ray, o astro também respondia a duas ações movidas pelo diretor John Landis, seguem sem conclusão, um deles por falta do pagamento de royalties.

O clipe da música Thriller foi gravado em 1983 e tem duração de 14 minutos. Além disso, o vídeo teve o maior orçamento da década de 80, cerca de US$ 500 mil (cerca de R$ 1 milhão), e fez uma revolução na indústria do entretenimento ao agregar elementos cinematográficos em sua produção.

Atriz de Thriller pede herança de Michael Jackson

Sem mais artigos