Nesta segunda (29), o tabloide britânico The Sun reportou detalhes de uma suposta autópsia do cantor Michael Jackson, morto na última quinta (29). Entretanto, através de uma nota publicada no site TMZ, o legista municipal de Los Angeles afirmou que as informações divulgadas pela publicação são “falsas”.

“A informação que está sendo publicada não saiu desta unidade. Eu não sei de onde essa informação veio e nem quem reportou isso. [A matéria] Não foi apurada e parte das informações é totalmente falsa”, afirmou o legista ao TMZ.

Publicada na parte da manhã, a matéria do The Sun afirmou que os quadris, coxas e ombros de Michael estavam repletos de marcas de agulhas e também que o cantor chegou ao hospital com diversas costelas quebradas, por causa das tentativas de ressucitá-lo. O ainda afirmou que havia quatro “perfurações de agulha” próximas ao coração de Michael.

Leia Mais:
Mãe de Michael Jackson obtém guarda temporária de filhos do cantor
Michael Jackson pesava 51 kg e tinha comprimidos no estômago, revela autópsia

Autópsia previamente divulgada de Michael Jackson é "falsa", diz legista

Sem mais artigos