O primeiro-ministro da Itália e proprietário do Milan, Silvio Berlusconi, criticou hoje os altos valores alcançados em contratações feitas por alguns clubes nos últimos meses.

Para Berlusconi, os recentes investimentos de clubes como o Real Madrid, “em um momento de crise como o atual, parecem um sacrilégio”. “Não tem sentido (pagar altos preços), é algo que prejudica o balanço dos clubes de futebol”, disse.

Desta forma, o proprietário do Milan pediu que os torcedores do clube não tomem como referência as decisões das equipes que vem desembolsando valores astronômicos.

Sem mais artigos