O cofundador e presidente do Twitter, Biz Stone, afirmou nesta quinta-feira (15) que não tem o menor interesse em vender o microblog. O anúncio foi feito para desmentir os rumores que circulavam na web de ele teria planos de vender a companhia.


 


“O Twitter não tem interesse em ser adquirido por uma empresa maior; nós queremos construir uma grande empresa sozinhos e acreditamos que somos capazes”, afirmou Stone durante um evento em Tóquio.


 


O serviço ganhará uma versão em português em 2010.

Sem mais artigos