O presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Luciano Coutinho, disse hoje (20/03) que a instituição vai liberar um financiamento para que a Aerolineas Argentinas compre aviões da Empresa Brasileira de Aeronáutica (Embraer).

Segundo Coutinho, os detalhes ainda estão em discussão. Mas ele adiantou que o valor do empréstimo será em torno US$ 700 milhões.

Para o presidente do BNDES, a medida pode evitar que a Embraer demita mais trabalhadores. “Nós estamos gerando demanda para que a empresa tenha melhores condições de manutenção e expansão dos seus empregos”, acrescentou.

Luciano Coutinho participa de um encontro entre empresário brasileiros e argentinos na sede da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp). Também estão presentes no evento o presidente Luiz Inácio Lula da Silva e a presidente da Argentina, Cristina Kirchner, além de autoridades da área econômica de ambos os países.

Encontro

Segundo o Itamaraty, Lula e Cristina se encontram para tratar de assuntos de interesse comum e explorar soluções conjuntas para preservar e ampliar o comércio entre os dois países.

Os empresários brasileiros reclamaram nas últimas semanas sobre as barreiras impostas na Argentina a cerca de 200 produtos importados, grande parte deles procedente do Brasil.

A adoção dessas medidas se deve ao déficit na balança comercial da Argentina com o Brasil, agravado pela crise que, no primeiro bimestre deste ano, reduziu em mais de 40% a troca entre os dois países, segundo o governo brasileiro.

Lula e Cristina devem analisar também as propostas que levarão à cúpula do Grupo dos Vinte (G20, os países ricos e os principais emergentes), que acontecerá no dia 2 de abril, em Londres.

Brasil, Argentina e México são os países latino-americanos que vão negociar com as grandes economias mundiais para tentar encontrar soluções à crise.

BNDES anuncia empréstimo para empresa argentina comprar aviões da Embraer

Sem mais artigos