A seleção brasileira de beach soccer começou da melhor forma possível a luta pelo bicampeonato mundial: com um goleada de 11 a 5 sobre a Nigéria, em partida pelo grupo D da primeira fase do torneio, em Dubai.

Os nigerianos surpreenderam ao abrir o placar com Olawale, aproveitando lançamento do goleiro. O empate veio com Sidnei e Bueno marcou o segundo gol, aproveitando escanteio cobrado por Buru.

Tale voltou a marcar para os nigerianos, em bola que passou pelo goleiro Mão, mas Benjamin fez o terceiro em bela jogada, com direito a chapéu em dois adversários. André marcou o quarto, e Daniel, de cabeça, deixou o Brasil com 5 a 2 ao final do primeiro tempo.

Bruno fez o sexto logo no início da segunda etapa, enquanto Sidney conseguiu o sétimo faltando um minuto para o término do período.

Na terceira etapa, Bruno fez mais dois, Daniel marcou outro e Betinho fechou o placar para os brasileiros. Tale, Olawale e Ibenegbu completaram para os africanos.

O próximo compromisso do Brasil pela chave é diante do Bahrein, amanhã, às 15h de Brasília. A equipe vem de derrota para a Suíça por 6 a 5.

Na chave B, a Espanha perdeu por 3 a 2 para o Japão nos pênaltis, após empate em 5 a 5 no tempo normal. Os asiáticos chegaram a fazer 3 a 1. A Costa do Marfim lidera após a vitória de 7 a 6 sobre El Salvador.

O Uruguai saiu atrás na chave A ao cair diante das Ilhas Salomão por 7 a 6. Os portugueses ganharam de 7 a 5 da seleção dos Emirados Árabes, anfitriã do torneio, e ocupam a ponta.

A Itália começou bem a chave C ao bater a Argentina por 3 a 2. A equipe perde nos critérios de desempate para a Rússia, que atropelou a Costa Rica pelo placar de 5 a 1.

Sem mais artigos