A seleção brasileira masculina de vôlei venceu nesta segunda-feira o Japão por 3 sets a 0 (25-12, 26-24 e 25-22) em Nagoia e, de forma invicta, conquistou o título da Copa dos Campeões pela terceira vez.

Com a vitória, os comandados do técnico Bernardinho fecham a temporada com três títulos em três campeonatos, uma vez que já tinham levado a Liga Mundial e o Sul-Americano.

Apesar de enfrentar os japoneses, donos da casa e que até então só tinham perdido uma no torneio, a seleção brasileira começou forte e, sem grandes problemas, fechou o primeiro set com 25 a 12.

No segundo set, os japoneses, empurrados por um ginásio lotado, impuseram dificuldades. Na etapa mais complicada do jogo, os brasileiros precisaram de 30 minutos para fazer 26 a 24.

Mais tranquila com a boa vantagem conseguida, a seleção brasileira conduziu o último set sem dificuldades e fechou a partida com um 25 a 22.

O grande nome da vitória brasileira foi, a exemplo do que já havia acontecido nas partidas anteriores, o oposto Giba, responsável por 15 pontos.

Bem no bloqueio, o também ponta Murilo deixou a quadra com 13 pontos e foi outro destaque da seleção brasileira.

Para chegar ao tri no torneio (1997, 2005 e 2009), os brasileiros precisaram passar por Cuba, Irã, Polônia e Egito. Todas as seleções jogaram entre si e o time de Bernardinho ficou com o título ao conseguir o maior número de vitórias.

A Copa dos Campeões é disputada de quatro em quatro anos e reúne o país anfitrião, uma seleção convidada pela Federação Internacional de Vôlei (FIVB) e os campeões de América do Sul, Norceca (América do Norte, Central e Caribe), Europa e Ásia.

Sem mais artigos