Atual tricampeã mundial de beach soccer, a seleção brasileira voltou a golear, desta vez com 8 a 1 sobre o Bahrein, e lidera o grupo D da primeira fase da edição deste ano, nos Emirados Árabes.

O primeiro gol na arena montada em Dubai saiu com quatro segundos de partida, feito por Buru. Ele marcou mais duas vezes, aos dois e três minutos. Bruno fez o quarto, aos nove, e o Brasil terminou a primeira etapa vencendo com facilidade.

De pênalti, Daniel Souza marcou mais um aos 21 minutos. Buru voltou a balançar as redes aos 28, enquanto André e Daniel completaram o marcador na última etapa.

Almughawi fez o único dos barenitas, que perderam pela segunda vez na competição e amargam a lanterna.

O Brasil leva vantagem na liderança por conta do saldo de gols, já que a Suíça também chegou ao segundo triunfo hoje ao bater a Nigéria por 7 a 2.

Amanhã brasileiros e suíços decidem a liderança da chave às 15h de Brasília.

Pela chave A, o Uruguai protagonizou a zebra do dia ao ganhar de Portugal por 2 a 1, com dois de Coco. Belchior descontou. Com a goleada dos Emirados Árabes sobre as Ilhas Salomão por 7 a 1, todas as equipes do grupo estão com três pontos.

Já a Espanha recuperou-se da derrota para os japoneses nos pênaltis ao ganhar de El Salvador por 7 a 3, pelo grupo B. Destaque para Javier Torres, com dois gols.

A primeira colocação é do Japão, que superou a Costa do Marfim por 3 a 2 e chegou aos cinco pontos.

No grupo C, a Argentina venceu com autoridade a Costa Rica por 6 a 0 e parece reerguida da derrota para a Itália na estreia. Federico Hilaire e Dallera fizeram dois gols cada um, com Ezequiel Hilaire e Minici completando.

Mas a liderança é da Rússia, que ganhou da Itália por 3 a 1 e chegou aos seis pontos. Palmacci abriu o placar, mas Leonov, Shkarin e Krasheninnikov viraram.

Sem mais artigos