O goleiro Claudio Bravo, capitão
do Chile, quer uma vitória diante da Colômbia no próximo sábado,
mesmo em Medellín, para selar a vaga para a Copa do Mundo de 2010.

“Trabalhamos para vencer, e não empatar. Nunca vamos ficar atrás.
O ideal é jogar lá de igual para igual e fechar isto rápido. É
preciso ter atitude”, disse o goleiro aos jornalistas.

Jogador da Real Sociedad, Bravo disse que o Chile “deve manter a
cautela”.

Com 27 pontos e ocupando a terceira posição na tabela, o Chile
precisa de uma simples vitória para carimbar o passaporte. Caso
perca ou empate, fará um confronto direto com o Equador por uma das
vagas na quarta-feira, em Santiago.

Os equatorianos têm 23 pontos e ocupam a quarta colocação. Antes
de viajar à capital chilena, a equipe recebe o Uruguai, dois pontos
atrás, em Quito.

Sem mais artigos