A senadora colombiana Piedad Córdoba, uma das candidatas ao Nobel da Paz 2009, é uma das favoritas ao prêmio, segundo a casa de apostas britânica Ladbrokes.

Córdoba, que ficou conhecida por intermediar a libertação de vários reféns das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc), é a aposta de um de cada cinco clientes do negócio.

Atrás dela, aparecem o médico congolês Denis Mukwege (7/1), o chinês defensor dos direitos humanos Hu Jia (7/1), a afegã e ex-ministra de Assuntos para a Mulher Sima Samar (8/1), o príncipe jordaniano Ghazi bin Muhammad (10/1) e a organização Cluster Munition Coalition (16/1), que luta pela erradicação das bombas de fragmentação.

A senadora colombiana, de 54 anos e integrante do opositor Partido Liberal, é conhecida por sua personalidade forte e pelas divergências com o atual presidente da Colômbia, Álvaro Uribe.

Caso as previsões da casa de apostas se confirme, Córdoba se tornará a 35ª mulher a ganhar o Nobel da Paz, criado em 1901.

O vencedor do prêmio, de 10 milhões de coroas suecas (1 milhão de euros) será anunciado amanhã, às 6h (de Brasília).

Casa de apostas aponta senadora colombiana para Nobel da Paz

Sem mais artigos