Darren Chiacchia, norte-americano medalhista de bronze nos Jogos Olímpicos de Atenas, em 2004, virou notícia nesta semana, e não, não foi por seu feito no hipismo em equipe há seis anos atrás.

O cavaleiro está envolvido em uma polêmica sem tamanho na Flórida, e deve ir à julgamento por ser portador do vírus HIV: um ex-parceiro de Chiacchia diz ter sido contaminado, e o acusa de não ter contado sobre suas condições, o que dá cadeia em alguns estados norte-americanos.

O julgamento acontecerá em junho e, se condenado, Darren Chiacchia (que descobriu ser portador do vírus há quatro anos após um acidente que danificou, inclusive, a sua memória) pode pegar até 30 anos de prisão.

Como justificativa, o cavaleiro disse que não contou ao parceiro sobre o vírus porque tinha certeza que ele o deixaria.

Sem mais artigos