“De parar uma avenida”, ou melhor, um viaduto, é a melhor definição para o desfile da Cavalera, que aconteceu no início da tarde deste domingo (21), abrindo o penúltimo dia do SPFW. Para quem não faz parte do mundo da moda, vale explicar que a grife normalmente não se contenta com as passarelas da Bienal e busca desfilar em pontos referenciais da cidade de São Paulo. E neste ano não foi diferente. O local escolhido foi o elevado Costa e Silva, o famoso Minhocão.

Além dos figurinos para a moda primavera-verão 2010, a Cavalera fez um desfile de preencher os olhos por uma soma de fatores. Primeiramente, a localização que humanizou o mundo fashion. Além disso, a marca trouxe o tema São Paulo é minha praia e diante da proposta fez um desfile totalmente urbano. Ciclistas, patinadores, motoqueiros, fãs de futebol, skatistas estavam todos ali recheando a cidade e a produção da marca.

As roupas, tanto no masculino quanto no feminino, encaram uma linguagem jovem, ideal para quem vive numa metrópole como São Paulo. O jeans aparece em um tom bem claro e com cavalo baixo. A cartela de cores beira o exagero: pink-chocante, verde fluorescente e laranja-aceso são combinados ao recém chegado bege provando que o nude (cor da pele) será um ícone da estação. Aproveitando a bandeira paulistana, listras em preto e branco e peças em vermelho também fizeram parte da composição dos looks.

Em uma verdadeira mistura de culturas que só São Paulo consegue receber, a Cavalera preparou um desfile que tem tudo a ver com a cidade. Muita informação, cores, listras, música e gente por todos os lados. Enfim, uma apresentação digna de parar o trânsito e atrair inúmeros curiosos. E cá entre nós, tem coisa mais paulistana do que isto?

Cavalera faz desfile no Minhocão e foca no estilo urbano de São Paulo

Sem mais artigos