O próximo mês poderá ser decisivo para as cidades pretendes a um lugar no Mundial de handebol feminino, em 2011, no Brasil. Em setembro, a Confederação Brasileira de Handebol (CBHb) realizará um seminário com as oito candidatas a um lugar na competição.

A data e local para a realização do seminário estavam definidas, mas, com o cancelamento do Pan-Americano Juvenil de handebol, que aconteceria em Balneário Camboriu, a reunião ficou indefinida. O que atrapalhou a realização da competição foi a ameaça de gripe suína e, agora, a CBHb estuda um outro evento para a apresentação do projeto para os municípios.

“Neste seminário apresentaremos as necessidades para as oito cidades candidatas e veremos quais conseguirão cumprir com todos os encargos. Após isso, o processo de escolha deverá acontecer até dezembro”, disse Fabiano Redondo, diretor de marketing da entidade.

A princípio Santa Catarina tinha sete cidades na disputa pelo mundial, com todas tendo possibilidades de serem escolhidas. No entanto, Balneário Camboriu também manifestou seu interesse, e se juntou a Florianópolis, Blumenau, Itajaí, Joinville, Brusque, Jaraguá do Sul e São José.

Além das cidades, a entidade ainda terá de definir os parceiros comerciais e de transmissão para a competição de 2011. Contudo, Redondo acredita que essa parte do projeto só acontecerá no início de 2010.

“Os contratos comerciais da Federação Internacional de Handebol acabam agora em dezembro. Por isso, só devemos negociar nossos parceiros no Mundial em janeiro e fevereiro, pois todos os direitos pertencem a federação e dependemos deles”, completa o dirigente.

Sem mais artigos