A ópera La Traviatta de Verdi entrava em cartaz, as batatas fritas eram apresentadas ao público pela primeira vez, a guerra da Criméia estava quente. O ano de 1853 foi também o ano do nascimento do pintor holandês Van Gogh, que morreu em 1890. Outro nascimento no mesmo ano passou despercebido até agora, durante o censo da Indonésia.

Turinah afirma ter 157 anos, 35 a mais do que tinha a última mulher mais velha do mundo. A francesa Jeanne Calment morreu em 1997 com 122 anos. Agora Turinah está esperando confirmações oficiais de sua idade, mas isso não será fácil.

Em 1965 ela queimou todos os seus documentos para não ser envolvida com questionamentos políticos. “Não há informação autêntica para provar a idade dela, mas julgando pelas suas afirmações e pela idade de sua filha adotiva, de 108 anos, é difícil de duvidar”, disse o representante do bureau oficial de estatísticas Jhonny Sardjono.

“Apesar da idade ela ainda tem uma memória incrível, visão boa e audição perfeita. Além de tudo ela fala o idioma holandês fluentemente”, acrescentou ele. A Indonésia foi colônia holandesa até 1945.

Sem mais artigos