Os executivos da produtora <i>Sony Pictures</i> confirmaram as suspeitas gerais de que o filme <i>This Is It</i> conta com “overdubs” de estúdio para enriquecer o som das gravações realizadas durante os ensaios que antecipavam a residência de 50 shows que <b>Michael Jackson</b> faria na <i>Arena O2</i>, em Londres.

Durante a última semana, o engenheiro de som da rede BBC Andrew Rose veio a público para dizer que a faixa <i>Earth Song</i>, presente no filme, tinha vocais adicionais que não estavam na prévia divulgada pelo estúdio através do You Tube.

“Conforme o filme vai passando é possível perceber que o timbre de Jackson vai mudando. Esse é um indício claro de que há a inserção de faixas gravadas anteriormente, que tiveram de passar por um severo tratamento para encaixar-se com os novos vocais de apoio”, declarou o engenheiro.

Com a explosão do fato na imprensa mundial, os executivos da Sony apressaram-se em fazer um comunicado oficial onde explicaram a escolha do uso de “overdubs” de estúdio nas gravações dos ensaios.

“No intuito de cumprir o desejo de Michael e sua visão de seus fãs e filhos, os diretores foram obrigados a incorporar material pré-existente na mixagem, incluindo vocais”, explicou o porta-voz da Sony Pictures, Jim Kennedy. “Esse áudio adicional foi utilizado nas passagens onde o áudio estava danificado ou incompleto.”

“Vale frisar que o uso desse áudio adicional na mixagem, incluindo a faixa <i>Earth Song</i>, está devidamente anotado nos créditos finais do filme”, justificou-se o funcionário da Sony.

Chefes da Sony Pictures admitem uso de vocais extras no som de This is It

Sem mais artigos