O Chelsea conquistou hoje a Copa da Inglaterra ao vencer hoje o Everton por 2 a 1 no estádio de Wembley, em Londres, salvando-se de ficar sem títulos na temporada.

A equipe de Liverpool abriu o placar logo aos 25 segundos, com o francês Saha superando o goleiro tcheco Petr Cech dentro da área. Foi o gol mais rápido da história das finais do torneio.

A partir daí, o Chelsea dominou as ações e acabou empatando aos 20 minutos, por meio do atacante marfinense Didier Drogba, de cabeça. Os 89.391 espectadores que foram a Wembley viram uma partida bastante movimentada.

Depois de muitas chances por parte das duas equipes, o gol da virada do Chelsea saiu aos 27 da etapa final, em belo chute de Lampard. O meia recebeu do alemão Ballack, que entrou no segundo tempo, e arriscou de longe, sem chances para o goleiro Howard.

O único brasileiro em campo pelo time de Londres foi o zagueiro Alex, que disputou a partida mesmo com uma contusão. Ele passará por uma cirurgia de hérnia e foi cortado do grupo da seleção que disputará os próximos jogos.

Depois de terminar o Campeonato Inglês em terceiro lugar, atrás do campeão Manchester United e do Liverpool, o time que começou a campanha comandado pelo brasileiro Luiz Felipe Scolari conseguiu terminar com uma taça.

Boa parte do mérito pela vitória foi do holandês Guus Hiddink, que assumiu interinamente no lugar de Felipão e conseguiu reanimar o elenco. Ele deixa o cargo hoje e volta a se dedicar exclusivamente à seleção russa, na qual também tem influência o multimilionário russo Roman Abramovich, proprietário do Chelsea.

Já o Everton tentava repetir a façanha de 14 anos atrás, quando disputou a final do torneio pela última vez e foi campeão ao vencer o Manchester United.

Sem mais artigos