Cláudia Leitte não deixou passar as críticas pesadas a ela feita pela colunista Silvana Mascagna, do jornal mineiro O Tempo, que a acusou de não ser uma boa mãe.


 


Em seu blog, a cantora fez questão de rebater os argumentos citados na coluna, publicada na quarta-feira (15) e intitulada “Ser Mãe é se Divertir num Trio Elétrico”, em que a jornalista critica Cláudia por participar do Carnaval baiano um mês após ter dado à luz seu primeiro filho, Davi. Entre outras acusações, Silvana chega a perguntar se a cantora não percebia o quanto o garoto sentia sua falta enquanto ela estava fazendo shows, “serelepe e magérrima”.


 


A baiana escreveu na internet que chegou ao “limite de tolerância” com as críticas e pede respeito como mãe. Segundo ela, “dizer que não sou uma boa mãe implica em afirmar que meu filho não é bem cuidado e… ai daquele que mexer na minha cria”, garantiu.


 


Cláudia ainda garantiu que gostaria de tirar uma licença-maternidade de quatro meses, mas não pode porque é obrigada a trabalhar. “Sou a dona de uma estrutura que eu construí com minha ‘diversão em cima dos trios’ (…) Sabem quantos funcionários dependem única e exclusivamente de mim? Sabem quantos deles são pais?”, desabafou.


 


Por fim, ela ainda contestou as críticas da colunista de que se dedica demais à malhação e ao culto ao corpo em detrimento dos cuidados com seu filho. “Meu corpo não é minha prioridade porque quero estar bela, mas porque meu filho depende da minha saúde e, claro, meu trabalho também”, finalizou.

Sem mais artigos