De acordo com uma pesquisa realizada pelo E-bit, consultoria de comércio eletrônico, as compras feitas pela web somaram R$ 8,2 bilhões em 2008, o que representa um aumento de 30% em relação ao número registrado em 2007.


 


A pesquisa aponta também que no ano passado cerca de 13 milhões de brasileiros fizeram ao menos uma compra pela internet. A média do valor das compras foi de R$ 328, mas estima-se que no período do Natal esse valor tenha subido para R$ 436. No total, o comércio eletrônico faturou R$ 1,25 bilhão em 2008.


 


O diretor geral da E-bit, Pedro Guasti, disse em comunicado que mesmo com a importância dos resultados, nos próximos anos o comércio eletrônico deve crescer de forma mais sutil. Segundo Pedro, o e-commerce já é um setor maduro na economia e deve apresentar números menos chamativos nos próximos anos. A expectativa de crescimento para 2009 é de 20% a 25%, num cenário positivo em relação a realidade mundial.


 


Segundo a pesquisa, o consumidor brasileiro de internet está mais maduro. Cerca de 19% dos que compraram on-line em no ano passado tinham mais que 50 anos. Livros continuam sendo o principal produto do e-commerce. Em segundo lugar estão os artigos de saúde, beleza e medicamentos, seguidos por itens de informática, eletrônicos e eletrodomésticos.

Sem mais artigos