Nesta quarta-feira (09), o Brasil enfrenta a seleção do Chile, em Salvador, pelas eliminatórias da Copa do Mundo de 2010. Se neste confronto não há lá tanto clima de decisão assim – os brasileiros já garantiram presença no mundial do ano que vem – , em outros duelos o bicho, literalmente, pegou. Confira o TOP 5 de jogos entre a seleção brasileira e os chilenos:

1-  13 de junho de 1962

No estádio Nacional, em Santiago, Brasil e Chile foram à campo com a missão de avançar para a final da Copa do Mundo, disputada em território chileno, e completamente adverso ao time canarinho. Contudo, com dois gols de Garrincha e dois de Vavá, o Brasil venceu o jogo e chegou à decisão do mundial, para sagrar-se bicampeão do mundo contra a Tchecoslováquia.

2- 13 de agosto de 1989

Mais uma vez jogando no Chile, a seleção brasileira precisava de um bom resultado contra o adversário para manter as chances de ir à Copa do Mundo de 1990. O resultado final deste jogo extremamente confuso foi um empate por 1 a 1, com dois gols mais confusos ainda: um sobrepasso do goleiro Taffarel (com os anfitriões, malandros, cobrando a falta rapidamente) e um gol contra de um estabanado zagueiro chileno, que chutou a bola em um companheiro, e a viu morrer no fundo das redes.

3- 3 de setembro de 1989

Outra partida que faz parte deste TOP 5 de jogos entre Brasil e Chile faz parte das mesmas eliminatórias de 1990, mais precisamente, é o jogo da volta, com a seleção brasileira mandando o jogo no estádio do Maracanã. Após o confuso empate em Santiago, um clima de guerra instaurou-se para o confronto e, quando os brasileiros venciam por 1 a 0 (precisando de um empate para obter a classificação), uma torcedora jogou um rojão em campo e, ousado, o goleiro chileno Roberto Rojas resolveu se cortar com um lâmina que estava guardada em suas luvas, afim de que o juíz achasse que ele tivesse sido machucado pelo artefato. Posteriormente descobriu-se a farsa e, tanto Rojas como o Chile, foram punidos.

4 – 27 de junho de 1998

Na Copa do Mundo da França, a seleção brasileira encarou o Chile logo nas oitavas de final da competição. Embora o placar tenha sido de 4 a 1 para o Brasil, com dois gols de Ronaldo e dois de César Sampaio, o jogo não foi lá tão tranquilo assim. Salas, que descontou o placar, e Zamorano, craques chilenos, estavam em suas melhores fases na carreira e deram muito trabalho para a equipe comandada por Zagallo.

5 – 7 de julho de 2007

Na Copa América de 2007, disputada na Venezuela, um dos maiores chocolates do confronto entre Brasil e Chile. Com um sonoro 6 a 1 no placar final  e com uma atuação (talvez, a melhor) incrível de Robinho com a camisa da seleção brasileira, os chilenos foram despachados das quartas de final do torneio, que seria vencido pelo Brasil uma semana depois, contra a Argentina.

Sem mais artigos