Cerca de 10% das crianças da Inglaterra acredita que o telefone foi inventado pela rainha. Para outros 5%, Luke Skywalker foi o primeiro homem a pisar na lua. Estes e outros equívocos sobre os grandes feitos da ciência são mais comuns do que podem parecer, aponta um levantamento realizado com mil crianças e adolescentes ingleses.

Isaac Newton, o físico responsável por formular a lei da gravidade, é um dos que mais sofrem com o déficit de atenção. Para quase 60% das crianças inglesas entre 9 e 10 anos, Newton descobriu o fogo. Há quem diga até que ele foi inventor da internet…

Além da rainha, muitos jovens citaram Charles Darwin (criador da teoria da evolução) ou Noel Edmonds (um renomado apresentador de TV) como inventores do telefone, tecnologia de autoria de Alexander Graham Bell.

“Os resultados mostram que os alunos não estão em sintonia com os heróis da ciência, ao contrário do que acontece com esportistas e as lendas da música”, explica Pam Waddell, da Birmingham Science City, pesquisador responsável pelo estudo.

Apesar da confusão de conceitos, o levantamento aponta que que as crianças inglesas preferem ganhar um Prêmio Nobel de Ciência do que um reality show. Pelo menos isso, né?

Sem mais artigos