Desde o início da crise econômica, o número de divórcios caiu consideravelmente nos Estados Unidos. Segundo um levantamento da Academia Americana de Advogados Matrimoniais, os pedidos de separação caíram 40% nos últimos tempos.

Uma das razões é o desemprego. Outro problema é que os imóveis estão valendo pouco e muitos casais não conseguem vender suas casas por um bom preço.

A saída encontrada por boa parte dos americanos é suportar o casamento, mesmo que desgastado, e adiar o divórcio.

Sem mais artigos