O atacante português Cristiano Ronaldo, atualmente no Real Madrid, recebeu o Prêmio Puskás, ao gol mais bonito de 2009, durante a festa da Fifa, realizada hoje em Zurique, na Suíça.

O lance aconteceu em 15 de abril, quando ele ainda estava no Manchester United, na vitória de 1 a 0 sobre o Porto, que garantiu os ingleses nas semifinais da última Liga dos Campeões. Ele acertou belo chute de longe.

O prêmio foi entregue pelo ex-jogador liberiano George Weah, em companhia da viúva de Puskás, foi criado em honra e em memória de Ferenc Puskás, capitão e estrela da seleção da Hungria dos anos 50.

O gol foi eleito por votação dos torcedores entre dez previamente escolhidos por um grupo de analistas.

Entre os finalistas estavam Nilmar, que marcou ainda pelo Internacional no Brasileirão, e Grafite, com um belo lance de calcanhar na última partida do Wolfsburg do Campeonato Alemão passado, vencido por sua equipe.

Sem mais artigos