Além do dom natural e dos vários treinamentos diários, Cristiano Ronaldo encontrou um outro recurso para render ainda mais em campo pelo Real Madrid. Segundo noticiou o jornal Marca nesta terça-feira (30), o português agora não abre mão de um protetor bucal antes de iniciar uma partida.

Segundo a publicação, o aparelho – que custa 100 euros, aproximadamente, R$ 243 – ajuda o gajo a ter mais força e precisão em seus chutes, pois quando ele morde o protetor, alinha sua mandíbula de forma correta e consegue fortalecer os seus músculos.

O Marca ainda lembrou que Cristiano Ronaldo não é o primeiro atleta de alta performance a utilizar o protetor bucal. Tiger Woods, número um do golfe mundial, é outro que não pega no taco sem morder o aparelho.

Sem mais artigos