Com a festa da torcida pronta, o Cruzeiro entrou em campo com uma ampla vantagem depois de ter vencido por 5×0 o primeiro jogo da final. Este é o 36º título do time celeste, que terminou o campeonato invicto.

A própria torcida do Atlético já não tinha mais esperanças, tanto que, na manhã do sábado, cerca de 6 mil ingressos foram repassados ao Cruzeiro pela diretoria do Atlético. Mas os jogadores foram pra cima e abriram o placar aos 16 minutos do primeiro tempo com um gol de Fabiano, escorando uma bola cruzada por Éder Luis.

O Cruzeiro empatou aos 21 minutos com pênalti cobrado por Kleber.

Na próxima quinta, o Cruzeiro enfrenta o Universidade do Chile, em Santiago, pelas oitavas-de-final da Copa Libertadores.

Atlético-MG
Juninho; Marcos Rocha, Welton Felipe, Marcos e Júnior; Rafael Miranda, Márcio Araújo, Carlos Alberto e Fabiano (Júnior Carioca); Éder Luís e Diego Tardelli
Técnico: Emerson Leão

Cruzeiro
Fábio; Jancarlos (Elicarlos), Leo Fortunato, Gustavo e Gerson Magrão; Fabrício (Sorín), Henrique, Marquinhos Paraná e Wagner; Kléber e Soares (Wellington Paulista)
Técnico: Adilson Batista

Cruzeiro empata com Atlético Mineiro e é campeão invicto em MG

Sem mais artigos