Sem o atacante Grafite, mas com o volante Josué, o Wolfsburg foi a Moscou enfrentar o CSKA e perdeu hoje por 2 a 1, de virada, o duelo válido pelo grupo B da Liga dos Campeões.

O resultado embola a disputa pelo segundo lugar da chave, já que as duas equipes somam agora sete pontos, três a menos do que o Manchester United, que enfrenta o lanterna Besiktas (1 ponto) ainda hoje. Os alemães, no entanto, ainda levam vantagem nos critérios de desempate e seguem na vice-liderança.

O bósnio Edin Dzeko abriu o placar no primeiro tempo, mas o tcheco Necid e o sérvio Krasic deram a vitória à equipe russa na etapa final.

No começo do confronto, os dois times partiram para o ataque, mas tiveram poucas chances para tirar o zero do placar, até que Dzeko recebeu passe do nigeriano Obafemi Martins, ex-Inter de Milão, e bateu cruzado para abrir o marcador. No lance, a zaga do CSKA parou pedindo impedimento, mas o árbitro Nicola Rizzoli deixou o lance seguir.

Foi então que, apesar do frio de Moscou, o jogo esquentou. Mesmo fora de casa, o Wolfsburg seguiu pressionando após fazer o gol, embora os russos também levassem perigo ao goleiro Benaglio, que teve bastante trabalho no confronto.

Pouco depois do intervalo, aos 12 minutos, veio o empate. Aldonin fez cruzamento perfeito para Necid, que cabeceou direto para o gol. O confronto seguiu equilibrado, com boas oportunidades para os dois lados, mas o placar só voltaria a se mexer aos 21 minutos, quando Krasic chutou forte e virou o jogo.

Na próxima rodada, no dia 8 de dezembro, o Wolfsburg terá difícil confronto em casa contra o Manchester, enquanto o CSKA visitará o Besiktas, em Istambul.

Sem mais artigos