O Pohang Steelers, da Coreia do Sul, venceu hoje na disputa de pênaltis o Atlante, do México, após empate de 1 a 1 no tempo regulamentar, e ficou em terceiro no Mundial de Clubes da Fifa.

O brasileiro Denílson fez o gol do time coreano na partida, aos 42 minutos do primeiro tempo, e se isolou na artilharia da competição, tendo balançado a rede quatro vezes – um recorde em seis edições do torneio.

Treinado por outro brasileiro, Sérgio Farias, o Pohang fez jogo bastante equilibrado com o campeão da Concacaf na primeira etapa, mas depois do intervalo a equipe mexicana voltou exercendo mais pressão e conseguiu empatar o placar no primeiro minuto, com gol de Márquez.

Pereyra ainda teve a oportunidade de virar o jogo para o Atlante aos 44 minutos, mas seu chute bateu na trave. Denílson quase marcou na sequência, e logo depois o apito do árbitro australiano Matthew Breeze levou a partida para os pênaltis.

Márquez e o uruguaio Peralta, ex-Flamengo, perderam suas cobranças pelo Atlante, e Hee Chul desperdiçou a sua para o Pohang, mas o time coreano, com mais um gol de Denílson, conseguiu fechar a série em 4 a 3.

Sem mais artigos