O Deportivo Cuenca, do Equador, venceu o Caracas, da Venezuela, por 2 a 1, diante de sua torcida, pela ida das oitavas-de-final da Copa Libertadores.

Os visitantes saíram na frente com Gabriel Cichero. Entretanto, os anfitriões reagiram e Rodrigo Teixeira deixou tudo igual, de pênalti, aos 12 da etapa final.

A virada veio aos 14, dos pés de Ismael Villalba. A volta será no dia 12 de maio, em Caracas. Quem levar a melhor no confronto, pegará Grêmio ou Universidad San Martín.

Sem mais artigos