A vaidade brota cada vez mais cedo nas crianças a cada geração e não são poucas as meninas que desde muito cedo começam a utilizar maquiagem e esmaltes. Suri Cruise, que não tem nem três anos de idade, volta e meia é fotografada carregando uma bolsinha carregada de make up. Tudo muito bonitinho, mas é preciso que os pais fiquem alertas pois produtos inadequados podem causar reações negativas.

“Crianças não devem usar maquiagens pois todas elas têm o potencial de causar problemas. Isso depende bastante da composição, do tipo de conservantes e corantes usados, mas o fato é que não existe nenhuma maquiagem 100% segura para ser usada por esse público. Não há um consenso sobre idade ideal, mas geralmente pode-se usar maquiagem a partir dos 13 anos”, afirma a dermatologista Carla Albuquerque.

Segundo ela, a pele das crianças é mais sensível e fina e, por esse motivo, as substâncias químicas presentes nos cosméticos são absorvidas com maior intensidade.

A dermatologista explica ainda que entre os problemas de pele mais frequentemente causados pelo uso de maquiagem estão a dermatite de contato (“alergia”) e a acne cosmética (cravos e espinhas induzidos pelo uso de maquiagem). “Quanto mais cedo a criança entra em contato com esses produtos químicos (conservantes, corantes, etc), mais chances de o organismo se sensibilizar e desenvolver alergias. E não necessariamente a alergia aparece na hora que usa o produto, pode ocorrer anos mais tarde”, diz Carla.

Para limpar a pele, a dermatologista recomenda: “Usar um demaquilante hipoalergênico e oil free, além  e completar a limpeza com um sabonete neutro glicerinado”.

Veja ao lado algumas opções de maquiagem específicas para crianças e adolescentes.

Sem mais artigos