De acordo com informações do jornal O Estado de S. Paulo, candidatos que vão prestar o Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) reclamam da distância entre suas casas e os locais de prova. Os lugares foram determinados pelo Inep (Instituto Nacional de Pesquisas e Estudos Educacionais), órgão responsável pelo exame. No ato da inscrição, os interessados não tinham a opção de escolher uma região de preferência.


 


Em defesa, a assessoria do Inep informou que não houve mudança de logística em relação aos anos anteriores e não será possível alterar o local de prova. No entanto, declarou que o instituto procura colocar os estudantes para fazerem a prova em local próximo ao endereço indicado na inscrição, mas admite que é possível que alguns tenham sido deslocados para bairros distantes, mas sempre no mesmo município.


 


As provas do Enem serão realizadas nos dias 3 e 4 de outubro. Cerca de 4,5 milhões de candidatos se inscreveram para participar da prova. A partir deste ano, o exame é requisito para a entrada em pelo menos 40 universidades federais, além de ser necessário para quem disputa uma bolsa do Programa Universidade para Todos (ProUni).

Sem mais artigos