Todo mundo já deve ter visto a nova campanha da Arezzo, estrelada por Juliana Paes e Cléo Pires. Nos cliques, as atrizes se abraçam e se olham de maneira sensual – o que gerou certa polêmica em torno de um suposto “culto à homossexualidade”.


 


Cansada das críticas, Juliana declarou a Amaury Jr. que não vê problema nenhum nas fotos. “Nós estamos em épocas modernas. E se for um culto à homossexualidade, por que não? A gente não tem mais que fazer nenhuma apologia demagoga. Eu acho que o ensaio ficou acima de tudo, elegante e sensual”, disse a morena.


 


Na mesma entrevista, Juliana falou sobre a briga com José Simão (“Não existe nenhuma chateação pessoal, apenas um posicionamento como pessoa pública”) e sobre o sucesso da personagem Maya, sua primeira protagonista. “Para mim foi a consagração. Nos meus sonhos não foi tão bom como tem sido agora”, contou Juliana.


 


Sobre os planos para o futuro, a atriz afirma que só quer descansar.
“Recusei projetos muito legais para poder descansar. Eu acho que tenho que dar uma ‘sumidinha’ para pessoas ficarem com saudades de mim”, encerrou.


 


A entrevista com Juliana vai ao ar nesta quinta-feira (13), a partir da meia noite, pela Rede TV.

"E se for um culto à homossexualidade, por que não?", diz Juliana Paes sobre campanha polêmica

Sem mais artigos