Nascido em 6 de agosto de 1949, Jonas Eduardo Américo, o popular Edu, ex-jogador do Santos e da Seleção Brasileira, completa nesta quinta-feira 60 anos de idade. Considerado por muitos, ao lado de Pepe, como o melhor ponta-esquerda da história do futebol, o eterno camisa 11 do Peixe é o sétimo maior artilheiro da história do alvinegro praiano com 183 gols, ficando atrás de Pelé, Pepe, Coutinho, Toninho Guerreiro, Feitiço e Dorval.

Jogador mais novo a ser convocado e inscrito para disputar uma Copa do Mundo, Edu foi ao mundial da Inglarra, em 1966, com apenas 16 anos de idade, devido ao seu excelente desempenho em duas partidas pelos Santos, o que convenceu o técnico Vicente Feola a levá-lo.

Com 584 jogos realizados com a camisa do Santos, Edu, que estreou como profissional aos 15 anos de idade, em pleno estádio do Maracanã, contra o Botafogo, também defendeu outras equipes ao longo de sua carreira, entre elas estão o Corinthians, Internacional, New York Cosmos-EUA, Universidad Nueva Leon, São Cristóvão e Nacional de Manaus.
 

Sem mais artigos