A utilização de fontes de energias limpas e mais eficientes que nossos tradicionais – e poluentes – combustíveis fósseis, como o petróleo, não é apenas uma questão ambiental e uma maneira para conter as mudanças climáticas em curso no planeta. Um recente relatório da renomada consultoria McKinsey mostrou que o mundo poderia economizar cerca de US$ 1,2 trilhões nos próximos 10 anos se fossem investidos US$ 520 bilhões no desenvolvimento de projetos de eficiência energética.

Além da economia de quase US$ 700 bilhões até 2020, deixaríamos de lançar mais de 1 bilhão de toneladas de gases de efeito estufa na atmosfera nos próximos 10 anos, ou o equivalente à retirada de todos os carros de passeio das ruas nos Estados Unidos.

O relatório mostra que a tecnologia existente já nos permite as mudanças necessárias para tal economia. Sem maiores dificuldades, residências e pequenos comércios poderiam economizar até 28% do que atualmente gastam com energia. Na indústria, esse valor seria de 20% caso haja maior adoção de métodos para o consumo energético eficiente.

Sem mais artigos